Arquivos

SERVIÇO SOCIAL, POLÍTICA SOCIAL E PROCESSO DE TRABALHO

Serviço Social no Brasil: desenvolvimento histórico, teórico e metodológico. Inserção do Serviço Social nas políticas sociais. Processo de trabalho no Serviço Social. Esferas e espaços de intervenção do Serviço Social. Serviço Social: organização profissional e propostas de enfrentamento da questão social.


Bibliografia Básica da Disciplina

ALVES, G. Crise do capitalismo global, desmedida do valor e as mutações orgânicas da totalidade viva do trabalho: Notas críticas sobre o capitalismo do século XXI. Cadernos do CEAS, v. 1, p. 681-697, 2016.

ARAUJO, N. M. S. O Serviço Social como trabalho: alguns apontamentos para o debate. Revista Serviço Social e Sociedade, 93, ano XXIX, março de 2008, p. 5 – 28.

ARELLANO, O. L; ESCUDERO, J. C; CARMONA, L. D. Los determinantes sociales de la salud. Uma perspectiva desde el taller latino-americano de Determinantes sociales de la sallud, ALAMES. Medicina Social, Vol 3, número 4, nov. 2008.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL.Diretrizes Gerais para os Cursos de Serviço Social, RJ, nov. de 1996. Disponível em:http://www.abepss.org.br/arquivos/textos/documento_201603311138166377210.pdf

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Parâmetros para atuação de assistentes sociais na saúde. Grupo de trabalho Serviço Social na saúde. Brasília, CFESS, novembro de 2009.

CORREIA, M. V. C. A influência do Banco Mundial na orientação da política de saúde brasileira. III Jornada internacional de políticas públicas. São Luís – MA, 28 a 30 de agosto de 2007.

COSTA, M. D. H. da. O trabalho nos serviços de saúde e a inserção dos (as) assistentes sociais. In: Serviço Social e saúde. Formação e trabalho profissional. Ana Elizabete Mota … [et. al.], (orgs.). 4 ed. – São Paulo: Cortez; Brasília, D.F: OPAS, OMS, Ministério da Saúde, 2009.

DUARTE, M. J. de O. Processo de trabalho em saúde e Serviço Social: notas sobre o trabalho profissional no campo da saúde. In: Política de saúde hoje: interfaces e desafios no trabalho de assistentes sociais. Marco José de Oliveira Duarte… [et. al.], (orgs.). 1 ed., Campinas, SP: Papel Social, 2014.

GUERRA, Y. A. D. A formação profissional frente aos desafios da intervenção e das atuais configurações do ensino publico, privado e a distância. Serviço Social &Sociedade, v. 104, p. 715-736, 2010.

GUERRA, Y. A. D. Expressões do pragmatismo no Serviço Social: reflexões preliminares. Revista Katálysis (Impresso), v. 16, p. 39-49, 2013.

IAMAMOTO, M V. A formação acadêmico-profissional no Serviço Social brasileiro. Serviço Social & Sociedade, v. Especial, p. 609-639, 2014.

IAMAMOTO, M. V. Projeto profissional, espaços ocupacionais e trabalho do assistente social na atualidade. Em Questão Atribuições Privativas do Assistente Social, Brasília, p. 13-46, 2002.

LEWGOY, A. M. B; TRINDADE, R. L. P.; BATISTONI, M. R. Relatórios-síntese dos grupos de trabalho e pesquisa gestão ABEPSS 2013-2014 – Gtp serviço social, fundamentos, formação e trabalho profissional. Temporalis, v. 2, p. 175-181, 2013.

LIMA, R. L. Docência e Serviço Social: condições de trabalho e saúde. Temporalis, Brasília (DF), ano 16, n. 31, jan/jun. 2016.

MARANHÃO, C. H. Desenvolvimento social como liberdade de mercado: Amartya Sen e a renovação das promessas liberais. In: MOTA, Ana Elizabete (Org.). Desenvolvimentismo e construção de hegemonia: crescimento econômico e reprodução da desigualdade. São Paulo: Cortez, 2012. p. 78-104.

MIOTO, R. C. Serviço Social e intervenção profissional: contribuições para o debate da dimensão técnico – operativa. Florianópolis: UFSC, 2006.

MIOTO, R. C. T; NOGUEIRA, V. M. R. Sistematização, planejamento e avaliação das ações dos assistentes sociais no campo da saúde. In: Serviço Social e saúde. Formação e trabalho profissional. Ana Elizabete Mota … [et. al.], (orgs.). 4 ed. – São Paulo: Cortez; Brasília, D.F: OPAS, OMS, Ministério da Saúde, 2009.

MIRANDA, A. P. R. de S. Inserção do Serviço Social nos processos de trabalho em serviços públicos de saúde – concepções e práticas: estudo de caso em um Hospital Universitário – João Pessoa – PB. 2011. 358f. Tese (Doutorado em Serviço Social) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.

MORAES, C.A. de S. Os desafios do novo século à formação em Serviço Social. Temporalis, Brasília (DF), ano 16, n. 31, jan/jun. 2016.

MORAES, C.A. de S. O Serviço Social brasileiro na entrada do século XXI: considerações sobre o trabalho profissional. Serv. Soc. Soc., São Paulo, n. 127, p. 587- 607, set./dez. 2016.

MORAES, C.A.S. Entre o “Adoecimento Social” e a Hegemonia do Modelo Biomédico-Assistencial: O Trabalho de Assistentes Sociais na Área da Saúde. In: O Serviço Social brasileiro na entrada do século XXI: formação, trabalho, pesquisa, dimensão investigativa e a particularidade da saúde. 2016. 318f. Tese (Doutorado em Serviço Social) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016, p. 179 – 216.

MOTA, A. E. Redução da pobreza e aumento da desigualdade: um desafio teóricopolítico ao Serviço Social brasileiro. In: MOTA, Ana Elizabete (Org.).Desenvolvimentismo e construção de hegemonia: crescimento econômico e reprodução da desigualdade. São Paulo: Cortez, 2012, p. 29-45.

MOTA, A. E; AMARAL, A.; PERUZZO, J. O novo desenvolvimentismo e as políticas sociais na América Latina. In: MOTA, Ana Elizabete (Org.). Desenvolvimentismo econstrução de hegemonia: crescimento econômico e reprodução da desigualdade. São Paulo: Cortez, 2012. p. 153-178.

NETTO, J. P; BRAZ, M. Neoliberalismo: o capital sem controles sociais mínimos. In:Economia Política, 8 ed. – São Paulo: Cortez, 2012, p. 237 – 253.

NOGUEIRA, V. M. R; MIOTO, R. C. T. Desafios atuais do Sistema Único de Saúde –SUS e as exigências para os assistentes sociais. In: Serviço Social e saúde. Formação etrabalho profissional. Ana Elizabete Mota … [et. al.], (orgs.). 4 ed. – São Paulo: Cortez;Brasília, D.F: OPAS, OMS, Ministério da Saúde, 2009.

PAIM, J. S. Reforma Sanitária brasileira: contribuição para compreensão e crítica. Salvador: EDUFBA; Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2008.

RAICHELIS, R. O assistente social como trabalhador assalariado: desafios frente às violações de seus direitos. Serv. Soc. Soc., São Paulo, n 107, p. 420 – 437, jul./ set. 2011.

RAICHELIS, R. Proteção Social e Trabalho do Assistente Social: tendências e disputasna conjuntura de crise mundial. Serviço Social & Sociedade, v. 116, p. 609-635, 2013.

SOARES, R. C. A racionalidade da contrarreforma na política de saúde e o Serviço Social. In: Saúde, Serviço Social, Movimentos Sociais e Conselhos. Organização: Maria Inês Souza Bravo e Juliana Souza Bravo Menezes. 2ª Ed., São Paulo, Cortez, 2013.

TRINDADE, R. L. P.; CAVALCANTE, G. M. M. A precarização do trabalho e das políticas sociais na sociedade capitalista: fundamentos da precarização do trabalho do assistente social. Libertas (UFJF. Online), v. 1, p. 01-24, 2010.

VASCONCELOS, A. M. O trabalho do assistente social e as políticas sociais. Rio de Janeiro, Revista Em Pauta, Faculdade de Serviço Social, UERJ, nº 10, 1997.

VELOSO, R. dos S. Condições de trabalho e dimensão técnico-operativa do Serviço Social. In: Política de saúde hoje: interfaces e desafios no trabalho de assistentes sociais. Marco José de Oliveira Duarte… [et. al.], (orgs.). 1 ed., Campinas, SP: Papel Social,2014.

YAZBEK, M C. O Desafio da defesa das Políticas Públicas para o Serviço Social.Argumentum (Vitória), v. 8, p. 6-13, 2016.

PAIM, J. S. Reforma Sanitária brasileira: contribuição para compreensão e crítica.Salvador: EDUFBA; Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2008.

BRAVO, M. I. S; MENEZES, J. S. B. Saúde, Serviço Social, Movimentos Sociais e Conselhos. Organização: Maria Inês Souza Bravo e Juliana Souza Bravo Menezes. 2ª Ed., São Paulo, Cortez, 2013.

DUARTE; J. de O; ALMEIDA, C. C. L; MONNERAT, G. L; SOUZA, R. G. Política de saúde hoje: interfaces e desafios no trabalho de assistentes sociais. 1 ed., Campinas/SP: Papel Social, 2014.

CORREIA, M. V. C. A influência do Banco Mundial na orientação da política de saúde brasileira. III Jornada internacional de políticas públicas. São Luís – MA, 28 a 30 de agosto de 2007.

MOTA, A. E; BRAVO, M. I; UCHOA, R; NOGUEIRA, V; GOMES, L; TEIXEIRA, M. Serviço Social e saúde: formação e trabalho profissional. 4 ed. – São Paulo: Brasília, DF: OPAS, OMS, Ministério da Saúde, 2009.

BRAVO, M. I; ANDREAZZI, M. F. S. Avanços na contrarreforma da saúde intensificadas a partir do governo ilegítimo do Temer. 7º Encontro Internacional de Política Social. 14º Encontro Nacional de Política Social. Tema: Contrarreformas ou Revolução: respostas ao capitalismo em crise. Vitória (ES, Brasil), 3 a 6 de junho de 2019.

Copyright 2021 - STI - Todos os direitos reservados