Arquivos

RELAÇÕES DE GÊNERO, ORIENTAÇÃO SEXUAL E POLÍTICA SOCIAL

Debate teórico sobre as relações de gênero: diferentes perspectivas. Masculinidades e feminilidades contemporâneas. Diferenças de condições de vida entre homens e mulheres. Debate teórico sobre orientação sexual: diferentes perspectivas. Homossexualidades contemporâneas: representações e condições de vida. Movimentos sociais, gênero e orientação sexual. Gênero e orientação sexual na agenda da política social.


Bibliografia Básica da Disciplina

MELO, H. P.; THOMÉ, D. Mulheres e poder: histórias, ideias e indicadores. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2018. (Cap. 2)

SARTI, C. Feminismo no Brasil: uma trajetória particular. Cadernos de Pesquisa, (64). São Paulo, 1988. Scott, Joan W. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação & Realidade, v. 20, n. 2, 1995. Disponível em: < https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/71721/40667>

____________. O enigma da igualdade. Estudos Feministas, v. 13, n. 1, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0104- 026X2005000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=enen

CARNEIRO, Sueli. Mulheres em movimento. Estudos Avançados, 17 (49), 2003. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ea/v17n49/18400.pdf>

BAIRROS, Luiza. Nossos Feminismos Revisitados. Estudos Feministas, v. 3, n. 2, 1995. Disponível em: < https://www.geledes.org.br/wpcontent/uploads/2014/04/Nossos_Feminismos_Revisitados_Luiza_Bairros.pdf>

CRENSHAW, Kimberlé. Documento para o encontro de especialistas em aspectos da discriminação racial relativos ao gênero. Estudos Feministas, v.1, 2002.

SANTOS, Giselle C. dos A. Os estudos feministas e o racismo epistêmico. Revista Gênero, v. 16, n. 2, 2016.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero. feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010. (Cap. 1).

LOURO, Guacira Lopes. Gênero e sexualidade: pedagogias contemporâneas. ProPosições, v. 19, n. 2, 2008. Dsiponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pp/v19n2/a03v19n2.pdf>

CARVALHO, Mario; CARRARA, Sérgio. Em direito a um futuro trans? : contribuição para a história do movimento de travestis e transexuais no Brasil. Sex., Salud Soc. (Rio J.) [online], n.14, 2013. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1984- 64872013000200015&script=sci_abstract&tlng=pt>

DUMARESQ, Leila. Transfeminismo: contradição na opressão. Revista Gênero, v. 14, n. 1. 2013.

FRASER, Nanci. A justiça social na globalização: redistribuição, reconhecimento e participação. Revista Crítica de Ciências Sociais, v. 68, 2002.

______. Da redistribuição ao reconhecimento? Dilemas da justiça na era pósestruturalista. Cadernos de Campo, n. 14/15, 2006.

GREEN, James. “Mais amor e mais tesão”: a construção do movimento brasileiro de gays, lésbicas e travestis. Cadernos Pagu, v. 15, 2000.

CARRARA, Sérgio. Políticas e direitos sexuais no Brasil contemporâneo. Bagoas, n. 5, 2010.

MELLO, L; BRITO, W.; MAROJA, D. Políticas públicas para a população LGBT no Brasil: notas sobre alcances e possibilidades. Cadernos Pagu, v. 39, 2012.

GÓIS, João B. H.; TEIXEIRA, Kamila C. S. A intersetorialidade na implementação dos Centros de Referência da Cidadania LGBT no Rio de Janeiro. Textos e Contextos, v. 17, n. 2, 2018.

BENTO, B. Nome social para pessoas trans: cidadania precária e gambiarra legal. Contemporânea, v. 4, n. 1, 2014.

DINIZ, Débora; MEDEIROS, M. O aborto no Brasil: uma pesquisa domiciliar com técnica de urna. Ciência e Saúde Coletiva, v. 15, 2010.

MARCONDES, M. et al (Orgs.) Dossiê mulheres negras: retrato das condições de vida das mulheres negras no Brasil. Brasília: Ipea, 2013.

SANTOS, C. M. Curto-circuito, falta de linha ou na linha? Redes de enfrentamento à violência contra mulheres em São Paulo. Estudos Feministas, 23, n. 2, 2015.

ARAÚJO, Clara. “Potencialidades e limites da política de cotas no Brasil”. Revista Estudos Feministas, v. 9, n. 1, 2001.

SABINO, Maria J. C.; LIMA, Verônica P. S. Igualdade de gênero no exercício do poder. Estudos Feministas, v. 23, n. 3, 2015.

GARCIA, A.; SOUZA, E. M. Sexualidade e trabalho: estudo sobre discriminação de homossexuais masculinos no setor bancário. RAP, v. 44, n. 6, 2010.

LIMA, Márcia et. al. Articulando gênero e raça: a participação das mulheres negras no mercado de trabalho (1995-2009). In: MARCONDES, M. et al (Orgs.) Dossiê mulheres negras: retrato das condições de vida das mulheres negras no Brasil. Brasília: Ipea, 2013.

NETO, A. M. C.; TANURE, B.; ANDRADE, J. Executivas: carreira, maternidade, amores e preconceitos. RAE Eletrônica, v. 9, n. 1, art. 3, jan/jun. 2010.

Copyright 2021 - STI - Todos os direitos reservados